SESSAOGAMES

JOGOS DE XBOX 360,PLAYSTATION 3 A PARTIR DE 10,00.SESSAO GAMES SUA DIVERSAO COMEÇA AQUI !!!

RENILDO GAMER

CANAL FOCADO - ANALISES,GAMEPLAYS E MUITO MAIS. BORA CONFIRIR !!!

AÇAO GAMES

Consoles - Jogos - Acessorios - Assistencia Tecnica Rua Felipe Schmidt N : 250 Centro Itajai Primeiro Andar / Itabella Center Antigo Giorama - Fone : 47-8472-6965 / 3346-4747

QUE AJUDA ?

ESTA COM DUVIDA ? ENTRE AQUI E TIRE TODAS ELAS !!!

Facebook

ENTRE EM SEU FACEBOOK E BATE UM PAPO COM NOS !!!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Controle Gamer | Assassin's Creed IV: Black Flag

Video Novoooo 
Mais uma super Analise do Divertido : Assassin's Creed 4: Black Flag

QUEM AJUDA ? ENTAO VAO LA !!!!

- LIKE 
- FAVORITO
- COMPARTILHE
- SE INSCREVA - SE

Link - http://youtu.be/hdPSEpgSZPU

Quantum Break não será afetado com o fechamento do estúdio do Xbox

notícia bombástica da demissão em massa que a Microsoft vai realizar nos próximos meses pegou muitos de surpresa. Para os gamers, a parte da nota que preocupava era o fechamento do Xbox Entertainment Studios, departamento dedicado a produzir conteúdo voltado para a TV e internet. Porém, pelo menos para os ansiosos por Quantum Break, há uma boa notícia: o jogo não será afetado pelo encerramento do estúdio.

Para quem não sabe, o título da Remedy, que será distribuído pela Microsoft, terá um envolvimento muito forte com o conteúdo televisivo que anteriormente seria produzido pelo estúdio. Os episódios formarão uma espécie de série para complementar o título. Apesar disso, a desenvolvedora do game garante que as produções que serão feitas para o Quantum Break não estragarão a experiência do jogo.

A notícia também lembrou que o encerramento do Xbox Entertainment Studios não afetará outras produções, como a série Halo e o documentário Signal to Noise. Quantum Break será lançado em 2015 e novidades serão divulgadas na Gamescon, evento que acontece em agosto.

Designers de Naughty Dog e Bungie explicam objetos reciclados em jogos

imagine-se trabalhando em um game muito esperado e que com certeza será um sucesso de venda, elogiado por um trabalho gráfico impecável. Mas faltam poucos dias para o lançamento e você ainda está modelando uma lata de refrigerante que passará despercebida por 99% dos jogadores — mas não por você.

O problema é que o tempo corre, o cliente quer resultado e você precisa "dar um jeitinho" para o trabalho sair. Como o game é uma sequência ou do mesmo estúdio que outros títulos, você pega o modelo de um jogo anterior, aplica uma textura nova e termina o resultado. Não é o ideal, mas é o que tem.

Essa rotina pode parecer pura malandragem, mas é o que acontece com grandes estúdios de desenvolvimento de jogos — contra a vontade dos designers, que fique claro. Em uma conversa no fórum Polycount, Anthony Vaccaro (artista de ambientes da Naughty Dog) e Isaiah Sherman (especializado em retratar o céu em títulos da Bungie), contaram como acontece essa reciclagem de elementos.

A vida nada fácil de um artista de games

"Trabalho pessoal: o melhor é fazer as coisas do zero para que você possa aprender tudo. Trabalho para cliente: faça qualquer truque ou trapaça que você souber dentro dos limites legais para conseguir o melhor trabalho feito no menor período de tempo. 'Trapaceie' o máximo possível", aconselha Isaiah.

"Há modelos em Uncharted 3 e The Last of Us que foram originalmente criador no Uncharted 1. Alguns foram usados como ponto de início e aí só atualizamos com uma textura. Em pequenas pedras, por exemplo, não há motivo em remodelar a mesma forma de novo quando você já aperfeiçoou antes. Você gasta esse tempo fazendo outras coisas incríveis que são super diferentes", compeltou Vaccaro.

Bruce Lee é o lutador mais utilizado de EA Sports UFC



















Ok,isso não deve soar realmente como uma grande surpresa. Entretanto, os números certamente deixam a coisa mais interessante: o lendário Bruce Lee foi utilizado em lutas de EA Sports UFC 3,1 milhões de vezes. Mas há também outros dados interessantes na planilha recentemente divulgada pela Electronic Arts, referente aos dados coletados durante o primeiro mês de prateleira do game (confira a imagem abaixo).

Durante o período, por exemplo, foram iniciadas 65,7 milhões de lutas online. Também foi disparado um total de mais de 3 bilhões strikes, embora apenas 1,7 bilhão tenha sido realmente efetiva. Também são igualmente chamativos os mais de 25 milhões de nocautes conquistados.


EA Sports UFC foi lançado no dia 17 do mês passado, conquistando avaliações bastante variadas. Na análise do BJ, “Sangue e suor nos octógonos virtuais”, nós dissemos que “a EA Sports constrói uma base sólida, mas que peca ao não capturar com competência as características do esporte que lhe servem como inspiração”. Clique aqui para conferir o texto na íntegra.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Controle Gamer - Battlefield 3

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Controle Gamer - God of War: Ascension

terça-feira, 8 de julho de 2014

Detonado: Resident Evil 4 PC - Parte # 10 - Pai de Familia !?

terça-feira, 1 de julho de 2014

Controle Gamer - Watch_Dogs

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Controle Gamer - DmC: Devil May Cry







Video de Analise - Analise Completo mais informaçoes completando tudo !!!! e pior que um trampo Danado

entao para recompensar Deixe seu like e Favorito e inscreva - se



ABRAÇAO E ATE

terça-feira, 24 de junho de 2014

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Analise Gamer - Call of Duty: Modern Warfare 3

domingo, 22 de junho de 2014

Dead Rising vai virar filme


A franquia igualmente sanguinolenta e cômica da Capcom deve ganhar em breve uma versão em filme. O desenvolvimento deve ficar a cargo da produtora Legendary Digital Media, e o resultado será disponibilizado através do serviço Crackle, da Sony. Já a distribuição global da película será de responsabilidade da Content Media Corp — a mesma que distribuiu Halo 4: Forward Unto Dawn.

“Dead Rising possui uma ampla base de fãs, além de personagens e tramas ricas, o que é ideal para se contar uma história digital e se encaixa bem no estilo da Legendary”, disse o cabeça da Legendary Digital Media, Tom Lesinski, conforme reportado pelo site Variety.


Ele continua: “O [serviço] Crackle e a Content são adeptos da distribuição de conteúdos digitais de alta qualidade, e nós estamos ansiosos para lançar uma série interessante e altamente envolvente para as audiências globais.”

Após o lançamento para o Crackle, o filme de Dead Rising deve ganhar também versões em SOVD, DVD, VOD e TV. Ainda não foi divulgada uma data de lançamento.

FONTE
VARIETY

Conteúdos adicionais de Destiny podem ser exclusivos do PS4 durante um ano


Como parte do novo caso de amor envolvendo Sony e Bungie, é bem sabido que a versão para PlayStation 4 e para PlayStation 3 do vindouro Destiny deve ganhar diversos mimos exclusivos — a fim de conquistar os fãs da Sony, conforme mencionou recentemente a desenvolvedora. O que ninguém esperava, entretanto, é que o período de exclusividade para esses conteúdos adicionais poderia durar por até um ano.

Pelo menos é isso o que sugere uma listagem publicada juntamente com o anúncio de pré-compra do game no site da Amazon. Na descrição do produto, constam “conteúdos exclusivos para os donos do PlayStation 4, incluindo o mapa multiplayer competitivo Exodus Blue, a missão Dust Palace Strike, várias armas, veículos e acessórios que devem permanecer exclusivamente no PlayStation pelo menos até o outono de 2015 [primavera, neste hemisfério].”


Dessa forma, quem adquirir o game em uma das versões para os consoles da Microsoft terá realmente que esperar um bocado antes de experimentar os extras — muito mais do que o mês de vantagem garantido pelo acordo entre Activision e Microsoft para os DLCs de Call of Duty, por exemplo. Enfim, agora é esperar por alguma informação oficial.

Destiny deve ainda aparecer em uma versão Beta no PlayStation 4 e no PlayStation três no dia 17 de julho. As versões para Xbox One e Xbox 360 devem ser liberadas em data futura. O game deve aparecer em sua versão definitiva no dia 9 de setembro, com lançamento simultâneo em todas as quatro plataformas.

FONTE
 AMAZON

Sunset Overdrive: armadilhas e certa assassina famosa


O último episódio do periódico “Sunset TV” trouxe consigo algumas boas novidades para quem espera ansiosamente para deslizar pelos trilhos de Sunset Overdrive. Por exemplo, você poderá perfeitamente construir uma personagem feminina no game... E ela ainda pode se parecer muito com certo assassino — cuja última incursão se tornou recentemente controversa por excluir protagonistas mulheres (Assassin’s Creed Unity, alguém?)


Naturalmente, não ficou claro se o traje ali realmente foi forjado para fazer menção à franquia da Ubisoft ou se alguém simplesmente juntou os acessórios que pode para compor uma indumentária o mais semelhante possível. De qualquer forma, a alfinetada não poderia ser mais clara.

A Insomniac Games também apresentou as armadilhas que devem ajudar a tornar o cenário de Sunset Overdrive ainda mais caótico. Há estruturas pirofágicas (cujas labaredas lambem quaisquer mutantes ao redor) e também uma curiosa versão da famigerada Caixa de Pandora — cujo resultado da ativação jamais pode ser previsto.











Ademais, a galeria acima traz várias possibilidades de indumentárias. Como é possível ter personagens masculinos e femininos, e considerando-se que não há distinção de gênero entre as roupas, nada impede que o seu personagem estilo berserker apareça vestindo uma minissaia (tem gosto para tudo, afinal).

FONTE
 YOUTUBE

Bungie ajudou a aperfeiçoar o controle do PS4 para jogos de tiro




Após um longo “romance” com Microsoft, muita gente se surpreendeu ao ver a Bungie se aconchegando junto à Sony. Bem, mas a coisa é ainda mais interessante — e antiga —, na verdade. Conforme revelou o gerente de comunidades da desenvolvedora ao site TechRadar, a Bungie chegou a ter participação essencial no desenvolvimento do próprio PlayStation 4 — particularmente, tornando o controle do console mais funcional para shooters.

“A Sony tem sido uma boa parceira desde o início, quando nós começamos a conversar sobre uma próxima geração [de consoles], e quando nós iniciamos o desenvolvimento de Destiny”, disse Osbourne ao referido site. “Nós realmente não sabíamos para onde todos estavam indo, mas se tornou claro que a Sony tinha uma visão realmente semelhante à nossa em relação a aonde ir.”


Nos que se refere ao controle: “Eles trabalharam conosco, é claro, em sistemas essenciais e no próprio controle — tornando-o melhor para jogos de tiro, ajudando a melhora as coisas para os jogadores nesse aspecto, colaborando para incluir e aperfeiçoar os aspectos sociais do jogo.”

Entretanto, o executivo reforça que o fator determinante para o sucesso do novo relacionamento se relacionou à concordância das duas empresas em relação às suas próprias criações. “Quando nós definimos o que gostaríamos de fazer com Destiny, e comparamos com o que a Sony pretendia para o PlayStation 4, foi como olhar em um espelho”, disse Osbourne.

Estendendo o affair aos fãs da Sony

Considerando-se que o nome da Bungie foi construído, sobretudo, pela parceria com a Microsoft ao longo de vários anos — resultando em Halo, uma das franquias mais rentáveis dos últimos anos —, é natural que a nova parceria com a Sony traga consigo desafios de cunho, digamos, diplomático.


Em outras palavras, a desenvolvedora bem sabe que é preciso construir o relacionamento para fora das instalações da Sony — buscando, acima de tudo, os apreciadores da fabricante. “Nós precisamos cultivar uma relação com os fãs da Sony, os quais ainda não chegaram a experimentar nenhum jogo da Bungie”, disse o executivo ao TechRadar.

Mas a softhouse tem vários mimos nas mangas para garantir a conquista. “Nós estamos desenvolvendo para todas as quatro plataformas, conforme anunciado. Nós precisamos ter a certeza de que [Destiny] é ótimo em qualquer lugar, sobretudo como uma nova franquia. Nós precisamos ganhar esses fãs, mas, especificamente com a Sony, nós precisamos trabalhar para tornar as pessoas conscientes e entusiasmadas em relação a um jogo da Bungie.”



Para tanto, a desenvolvedora pretende levar armas, equipamentos, veículos e missões cooperativas exclusivas para o PlayStation 4 — além de um mapa multiplayer que, pelo que se sabe, pode não chegar a aparecer no Xbox One. Isso para não falar em uma versão Alpha exclusiva para o console da Sony e também no fato de que deve haver uma cópia de Destiny dentro da caixa do novo PS4 branco.

Destiny deve chegar às prateleiras no dia 9 de setembro, com lançamentos previstos para PlayStation 4, Playstation 3, Xbox One e Xbox 360.

FONTE
 TECHRADAR

Por que Assassin’s Creed Unity não possui multiplayer competitivo?


Considerando o desempenho e a recepção dos modos multiplayer de Assassin’s Creeds anteriores, muita gente deve ter estranhado o fato de a Ubisoft ter sumariamente evitado qualquer abordagem multijogador competitiva em Assassin’s Creed Unity. Afinal, porque não haverá os tradicionais confrontos entre assassinos no novo game? Bem, basicamente, porque a coisa toda foi engendrada visando à cooperação.

Trata-se de uma questão de foco, portanto. “Nós fizemos escolhas logo no início do desenvolvimento do game, assumindo a direção de experiências compartilhadas”, disse o designer de fases de Assassin’s Creed Unity, Bruno St-André, em entrevista ao site GamingBolt. “Isso significa que nós desenvolvemos mecânicas centrais com inclinações mais para a cooperação do que para o confronto.”


De acordo com St-André, a ideia foi forjar as lutas de tal forma que diversos jogadores pudessem utilizar abordagens estratégicas contra a I.A. (inteligência artificial) do game — a qual deve reagir de forma diferente (personalizada) em cada encontro. “O mesmo vale para a navegação e para as mecânicas de furtividade”, ele continua. “Todo o nosso esforço e as nossas decisões se basearam nesse tópico. Nós realmente quisemos nos focar nisso.”

Coop: um pedido insistente dos fãs

Além da revisão completa efetuada sobre a I.A. de Assassin’s Creed, a Ubisoft também trouxe para Unity uma possibilidade convenientemente chamada de “mecânicas adaptativas de missões”. Basicamente, trata-se de uma tentativa de minimizar os reinícios de missões.

Em vez disso, a trama deve simplesmente se “adaptar” às possíveis alterações de percurso que os assassinos possam ocasionar durante as missões. Algo de valor inestimável para o multiplayer cooperativo, naturalmente. “Faz seis anos que eu trabalho com a marca [Assassin’s Creed]”, disse St-André ao referido site.


“Eu trabalhei em Assassin's Creed 2, Brotherhood, Revelation, Liberation e, agora, em Unity”, ele acrescenta. “Praticamente em todos os anos há pedidos dos fãs relacionados à possibilidade de jogar cooperativamente, e nós finalmente vamos conseguir isso com os consoles da nova geração.” O designer conclui afirmando que se trata, de fato, de um direcionamento que deve ser fortemente mantido pela equipe de Unity.

De fato, vale notar que a criação de um universo capaz de se acomodar a até quatro assassinos trabalhando conjuntamente é uma realização e tanto — sobretudo em uma Paris incrivelmente orgânica, de ruas lotadas de centenas de transeuntes.



Quanto ao multiplayer competitivo... Bem, há ainda o novo Assassin’s Creed para PlayStation 3 e Xbox 360 que pode dar conta do recado. Assassin’s Creed Unity deve dar as caras no dia 28 de outubro, com lançamentos previstos para PlayStation 4, Xbox One e PC.

FONTE
 GAMINGBOLT





Veja uma comparação gráfica entre Battlefield Hardline para PC e PS4



Como você já deve saber, a versão Beta de Battlefield Hardline está disponível gratuitamente para PC e PS4 desde o dia 9 deste mês. Aqueles que estiverem interessados em testar a nova obra da Visceral Games podem se cadastrar no site oficial do título e esperar pelo convite que lhe dará direito a participar do período de testes fechados.

Com acesso às duas versões do game, o site norte-americano DualShockers publicou ontem (19) uma série de screenshots comparando a qualidade gráfica do jogo em ambas as plataformas.

Como o próprio site alerta, não é adequado fazer uma crítica muito profunda aos aspectos visuais da produção por enquanto – afinal, estamos falando de um título que ainda está sendo desenvolvido e aprimorado constantemente. Por hora, contudo, a edição para PC (executada no modo Ultra) parece levar um pouco de vantagem sobre a versão para o console da Sony.

Você pode conferir as screens na galeria abaixo, sendo que a primeira imagem é sempre do PC, enquanto a segunda é sua fiel reprodução no PS4. Em caso de dúvidas, note que a plataforma está identificada no canto superior esquerdo de cada captura de tela.



FONTE
 DUALSHOCKERS
IMAGENS/DUALSHOCKERS

Ubisoft se pronuncia sobre “gráficos escondidos” em Watch Dogs para PC




No início desta semana, Watch Dogs voltou a ser destaque na mídia internacional graças a uma descoberta curiosa revelada por um modder conhecido como TheWorse.

Explorando os arquivos do game em sua edição para PC, o internauta encontrou dezenas de recursos gráficos escondidos que acabaram ficando de fora do jogo em sua versão final. TheWorse chegou a elaborar um mod usando esse pacote de dados secretos, cujas mudanças refletem em melhorias gráficas agressivas no título.

Tendo permanecido na surdina durante alguns dias, a Ubisoft finalmente emitiu um comunicado oficial sobre o assunto na manhã desta sexta-feira (20). Negando ter diminuído a qualidade gráfico do game de propósito (como alguns defendiam), a empresa não deu uma razão concreta para que tais arquivos fossem abandonados, mas alertou que utilizá-los pode trazer consequências graves para o jogador.

“O time de desenvolvimento está completamente dedicado a aproveitar o máximo de cada plataforma, então a noção de que estamos propositalmente diminuindo a qualidade [da versão para PC] é contrária a tudo que nós tentamos alcançar. Nós testamos e otimizamos nossos games em cada plataforma em que ele será lançado, procurando a melhor qualidade possível”, afirma a empresa.


“A versão para PC realmente possui algumas configurações de renderização antigas que nós desativamos por uma série de razões, incluindo possíveis impactos na fidelidade visual, estabilidade, desempenho e qualidade geral do gameplay”, aponta a companhia.

“Modders geralmente são jogadores apaixonados e criativos, e ainda que nós apreciemos seu entusiasmo, o mod em questão (que utiliza essas configurações antigas) subjetivamente melhora a fidelidade gráficas em certas situações mas também possui vários impactos negativos".

De acordo com a Ubisoft, esses “impactos negativos” incluem uma queda na performance geral do jogo, tornando-o instável em certos momentos. Contudo, em momento algum a empresa efetivamente recomendou que os jogadores parem de usar o mod lançado por TheWorse, cujas alterações gráficas podem ser conferidas aqui.

FONTE
 UBISOFT/CVG
IMAGENS/POLYGON

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Detonado: Resident Evil 4 PC - Parte # 8 - Como você é burro!

Primeiro patch de Reaper of Souls oferecerá grandes novidades a Diablo 3


Por meio do blog oficial de Diablo 3, a Blizzard detalhou as novidades que a atualização pra a versão 2.1.0 de Diablo 3: Reaper of Souls vai oferecer. Enquanto as novidades devem levar algum tempo ainda para chegar ao servidor de teste antes de serem efetivadas, a companhia ofereceu uma prévia de adições bastante interessantes, como personagens de temporada e gemas lendárias.

No caso, os novos personagens funcionam mais ou menos como as classes de prestígio de Call of Duty. Desse modo, a cada nova temporada, os jogadores poderão reiniciar o progresso de seus heróis (assim como os dos de seus artesões) para receber recompensas exclusivas, como itens e conquistas.

De acordo com a companhia, as gemas lendárias ainda estão em fase de testes não devem ser inclusas na fase de testes, mas estão previstas para serem lançadas no novo patch. Recebidas como recompensas nas novas Fendas Maiores (fendas especiais e ainda mais desafiadores que as Fendas Nefalem), elas poderão ser melhoradas infinitamente ao completar Fendas Maiores adicionais. No entanto, para limitar o seu poder, elas poderão ser equipadas apenas em Anéis e Amuletos.

Além disso, diversas outras mudanças na estrutura do jogo (como a modificação das melhorias recebidas pelo atributo de Destreza aos Monges e Caçadores de Demônios) também foram anunciadas. Para conferir uma prévia completa das novidades do patch, leia o post completo sobre o assunto no blog oficial de Diablo 3 (em português).

FONTE
DIABLO 3 (BLOG OFICIAL)







Nuuvem trará para o Brasil vinte games divulgados na E3 2014


Os jogadores brasileiros que gostam das lojas digitais ganharam mais uma notícia interessante depois de presenciar tantas novidades na E3 2014. A Nuuvem, conhecida no Brasil por trazer descontos e promoções para o público nacional, anunciou que fechou parcerias durante o evento para trazer cerca de vinte novos títulos para cá – e o melhor: alguns destes jogos serão totalmente em português.

Entre as parcerias, as de maior destaque envolvem jogos como Doom 4, The Evil Within e o novo jogo de Game of Thrones. A Nuuvem ainda fechou um contrato com a NCSoft, criadora das franquias Guild Wars e Wildstar, para trazer os próximos lançamentos do estúdio diretamente para o Brasil.

O responsável pelo desenvolvimento de negócios da Nuuvem, Thiago Diniz, viajou para a E3 e comentou sobre as propostas feitas às empresas de fora. "Vamos trabalhar com as produtoras de games para localizar os jogos em texto (legendas) e/ou fazer a dublagem em conjunto com estúdios especializados do Brasil", declarou.

Até agora, a lista de games confirmados para chegar ao Brasil pelo serviço online é a seguinte:

The Evil Within
Battlecry
Doom 4
Pro Evolution Soccer 2015
Game of Thrones: Seven Kingdoms
Novo Castlevania
Civilization: Beyond Earth
Grand Theft Auto V
Evolve
Borderlands: The Pre-Sequel
The Witcher 3: Wild Hunt
Dying Light
Hellraid
Elite: Dangerous
Arena of Fate
Ultra Street Fighter IV
Magicka: Wizard Wars
Pillars of Eternity
Assassin's Creed Unity
Far Cry 4

FONTE
 ASSESSORIA DE IMPRENSA DA NUUVEM

Quantic Dream está desenvolvendo sua própria ferramenta de animação


Ao que tudo indica, novos jogos da Quantic Dreams vêm por aí — se você não está ligando o nome à pessoa, vale lembrar que esta companhia é responsável pela criação dos jogos Heavy Rain e Beyond: Two Souls. A empresa, inclusive, está investindo no desenvolvimento de uma ferramenta proprietária para animações.

O novo plano da Quantic Dreams foi revelado por um anúncio de vaga de emprego para contratar um diretor-técnico de animação para trabalhar em uma ferramenta de animação.

“Nós estamos procurando por um diretor técnico de animação experiente que vai contribuir para o desenvolvimento de nossa suíte proprietárias de ferramentas de software 3D usada por animadores”, solicita a companhia no anúncio.

O jeito é esperar os próximos meses — e os próximos grandes eventos de games, como a Tokyo Game Show e a Gamescom —, para saber se alguma grande novidade da Quantic Dreams vem por aí.

FONTE
 DUALSHOCKERS

League of Legends entra no ritmo de Copa do Mundo com skins especiais


Os jogos da Copa do Mundo já começaram, mas as partidas de futebol também serão o tema das batalhas em League of Legends. A Riot Games liberou a partir de hoje a compra de skins temáticas do evento, possibilitando que os jogadores possam comprar e vestir alguns campeões do jogo com as marcas registradas do público que ama vibrar a cada bola na trave que não altera o placar.

Twisted Fate, Alistar, Gragas, Lucian e Maokai foram os personagens escolhidos para receber as novas roupas e modelos. Cada uma das skins está sendo oferecida por 750 Riot Points, e você pode conferir o visual de todas elas na imagem abaixo.


Quatro outras skins temáticas cruzaram o tempo e vieram diretamente da Copa do Mundo de 2010 para entrar na loja por tempo limitado, sendo elas Blitcrank Goleiro, Akali Esportista, Ezreal Artilheiro e Katarina Árbitra. No entanto, esta oferta acabará no dia 13 de julho, juntamente com o fim do evento que está fazendo vibrar o público do mundo inteiro. As cinco outras roupas ficarão disponíveis por mais alguns meses, com ou sem a conquista do hexacampeonato do Brasil.

FONTE - RIOT GAMES
IMAGENS/RIOT GAMES


PlayStation 4 terá pré-carregamento para jogos em pré-compra


Os usuários do PlayStation 4 poderão, a partir da semana que vem, baixar e instalar jogos antes do lançamento oficial graças à nova possibilidade de pré-carregamento anunciado pela Sony. A opção, embora não permita que você efetivamente experimente os games antes de serem lançados, elimina aquela ansiedade tão conhecida dos jogadores ao esperar o download do jogo que acabou de sair na loja.

A função será possibilitada para todos os que fizerem a pré-compra dos títulos, e o próprio aparelho fará automaticamente todo o processo de download e instalação quando o jogo estiver aberto para o pré-carregamento.

Juntamente do anúncio, a Sony anunciou uma lista com os games que já estão abertos para pré-compra na loja virtual. O primeiro dos jogos que receberá o download antecipado será Transformers: Rise of the Dark Spark, que será lançado no dia 24 de junho. Os outros títulos que já estão disponíveis para pré-compra no PlayStation 4, e que futuramente ganharão o pré-carregamento no console, são os seguintes:

Battlefield Hardline
Bloodborne
Call of Duty: Advanced Warfare
Destiny
Dragon Age: Inquisition
Far Cry 4
inFamous First Light
Plants vs. Zombies: Garden Warfare
LittleBigPlanet 3
Middle-earth: Shadow of Mordor
The Order: 1886
Transformers: Rise of the Dark Spark
Uncharted 4: A Thief’s End



Diretor de arte fala sobre armas e clima em The Order: 1886



Em entrevista ao PlayStation Access, o diretor de arte de The Order: 1886 Natha Phail-Liff falou um pouco sobre o game. Em uma conversa de pouco mais de quatro minutos, ele comentou alguns detalhes sobre clima de suspense, facções encontradas no game e falou ainda sobre a misteriosa Água Negra.

O diretor de arte revelou que cada cavaleiro está de alguma forma ligado ao seu próprio frasco do líquido poderoso, que aumenta a longevidade e o poder de recuperação de quem o ingere. Assim, é possível imaginar que há muito mais a descobrir na história da Água Negra do que supomos inicialmente.

Phail-Liff afirmou que a história terá bons momentos de supense ehorror se alternando com segmentos de ação, com muitos tiros. Por falar em tiros, o diretor de arte contou que a maioria das armas conta com recursos primários e secundários de ataque — o combo básico dos cavaleiros, por exemplo, tem balas normais como munição primária e balas de concussão, capaz de nocautear os inimigos, sem matá-los.

 A entrevista (em inglês e sem legendas) você confere no vídeo aqui em cima.

FONTE
 PLAYSTATION ACCESS


domingo, 15 de junho de 2014

Video Anlise - Gears Of War 3

quarta-feira, 11 de junho de 2014

TOP 5 MELHORES GAMES - Games De Zombie

terça-feira, 10 de junho de 2014

Bonecos da Nintendo entram nos jogos do Wii U com o Amiibo


Entre anúncios de novidades em Super Smash Bros. e até mesmo suposições sobre um novo EarthBound, a Nintendo divulgou na E3 uma novidade que com certeza tocará a criança que ainda mora em nós. A partir de bonecos nomeados de Amiibos, os donos de Wii U poderão transportar personagens do mundo físico para o virtual, levando os pequenos mascotes diretamente para a telinha do jogo com todos os atributos que você conquistou com eles durante as jogatinas.

Tudo isso será feito posicionando o boneco sobre o gamepad do Wii U. Com isso, eles aparecerão imediatamente no jogo, carregando todas as características próprias do seu Amiibo, como golpes e atributos únicos em Super Smash Bros. Em outras palavras, ele será como um parceiro físico e virtual para todas as suas jogatinas.

A funcionalidade estará disponível também para o 3DS – no entanto os jogadores da plataforma terão de esperar um pouco, pois o portátil só receberá em 2015 o aparelho para ler os dados de cada boneco.

Até agora, dez Amiibos apareceram durante o anúncio, incluindo personagens icônicos da Nintendo como Link, Mario, Yoshi, Pikachu, Kirby e Metroid.

O primeiro jogo que terá suporte aos pequenos bonecos será Super Smash Bros no Wii U. Outros títulos serão compatíveis com os Amiibos no futuro, sendo eles Mario Kart 8, Captain Toad: Treasure Tracker, Mario Party 10 e Yoshi’s Woolly World.

FONTE
YOUTUBE

Produtora de Mirror's Edge comenta detalhes do processo de criação do jogo


Mirror's Edge 2 foi anunciado há pouco tempo na E3 e informações sobre o título da DICE não param de ser publicadas. Em postagem no blog oficial do jogo, Sara Jansonn, Produtora Sênior, comentou alguns detalhes da produção do game. Primeiramente, ela disse que o título está em um processo inicial de desenvolvimento e que não existem mais novidades para serem mencionadas além do que já foi dito.

De acordo com ela, Mirror's Edge tem tudo a ver com movimento e fluidez. Por isso, os desenvolvedores estão trabalhando para criar uma experiência completamente nova para os jogadores – tanto para os mais habilidosos como para os menos experientes. “Nós também estamos comprometidos em criar o melhor combate em primeira pessoa do mundo”, comentou Sara.

Segundo ela, pequenos problemas do primeiro jogo foram corrigidos e muitos outros recursos inovadores foram acrescentados. “O mundo único de Mirror's Edge ainda está aqui, porém completamente novo”, assegurou Jansonn. Mirror's Edge ainda não tem data de lançamento definida e será lançado no PlayStation 4, Xbox One e PC. 

FONTE
 MIRROR'S EDGE

Assista a cinco minutos de gameplay de The Evil Within


A equipe do IGN teve acesso a uma sessão de jogo com uma demonstração de The Evil Within, da Bethesda, durante a E3 2014. Durante o vídeo, o repórter Caleb Lawson juntamente com o representante da desenvolvedora Pete Hines acompanham uma sessão do capítulo 8 do jogo – situado mais ou menos na metade da campanha principal.

O game, dirigido por Shinji Mikami (mais conhecido como o criador de Resident Evil) chega no dia 21 de outubro em versões para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.

FONTE
 IGN (YOUTUBE)

BioWare está trabalhando em um novo projeto misterioso


Depois de nos dar detalhes sobre o novo Mass Effect, o pessoal da BioWare fez alguns comentários sobre um novo IP (propriedade intelectual) em que estão trabalhando. A novidade sem um título oficial está sendo desenvolvida pelo pessoal do estúdio de Edmonton e algumas informações foram liberadas sobre a proposta do novo jogo.

A ideia é justamente fazer um game completamente novo, sem ter que ficar presos a personagens que já estão consagrados e a histórias que já foram contadas. Os desenvolvedores estão pensando em uma pegada bem contemporânea (com histórias atuais) em um mundo tão grande e tão imaginário como eles nunca fizeram anteriormente.

Por enquanto, os designers do jogo estão esboçando os ambientes, as cidades, os personagens. O projeto é ambicioso, sendo que a proposta principal é criar um mundo que, apesar de ser ficcional, se pareça muito com o real. Como podemos ver nas imagens conceituais do vídeo, os gráficos estão realmente impressionantes, com efeitos climáticos e temporais que dão a sensação de que tudo ali é realmente de verdade.

Um dos desenvolvedores finaliza o vídeo comentando que, na BioWare, eles estão fazendo mundos para a próxima geração (o que novamente nos leva a crer que esses títulos serão criados para rodar apenas no PlayStatino 4 e no Xbox One). Infelizmente, não há detalhes concretos, portanto vamos ter que esperar para descobrir o que vem por aí.

FONTE
 MASS EFFECT

Scalebound tem dragões gigantes e é exclusivo do Xbox One




A Microsoft parece não estar para brincadeiras. Depois de mostrar alguns games multiplataforma e outros tantos exclusivos em sua conferência na E3 2014, a empresa liberou o primeiro trailer de um game chamado Scalebound, um novo título que está em desenvolvimento especialmente para o Xbox One (e que não será disponibilizado para outras plataformas).

O jogo é da Platinum Games (a mesma que desenvolveu Bayonetta) e será distribuído pela Microsoft Game Studios — daí a exclusividade do jogo. A atitude da desenvolvedora não é inédita, visto que ela já fez outras parcerias com a Nintendo em jogos como The Wonderful 101 e Bayonetta 2.

A Microsoft ainda não divulgou muitos detalhes, mas pelo trailer de Scalebound dá pra sacar que teremos um jogo de ação em terceira pessoa com dragões gigantes. O títulos é de responsabilidade do diretor Hideki Kamiya (que já trabalhou para a Nintendo em The Wonderful 101 e foi o cabeça por trás de Bayonetta).

No vídeo dá pra perceber que o personagem é um aventureiro (que até lembra, de certa forma, os protagonistas da série Devil May Cry) que não tem medo de enfrentar os monstros gigantes com sua espada poderosa e sua armadura especial.

Scalebound ainda não tem data de lançamento, mas outros detalhes devem ser divulgados em breve.

FONTE
 JOYSTIQ


Especial E3 2014: Todos Os Trailers (playlist)

sábado, 7 de junho de 2014

Analise - Injustice: Gods Among Us

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Confira o trailer da trilogia de DLCs The Lost Crowns, de Dark Souls 2


Novos desafios aguardam os masoquistas de plantão sedentos por Dark Souls 2 no DLC The Lost Crowns, que será dividido em três capítulos e estará disponível a partir do próximo dia 22 de julho.

A Bandai Namco Games America Inc., publisher do game junto à FromSoftware, anunciou, nesta quarta-feira, a iminente chegada de três novos conteúdos adicionais para o aclamado Dark Souls 2. Esses três novos DLCs conduzirão os fãs do game através de áreas completamente novas, em que eles enfrentarão inimigos desconhecidos, novos desafios insanos e lutarão contra chefões horripilantes.

O primeiro capítulo da trilogia é Crown of the Sunken King, que estará disponível nas Américas a partir do dia 22 de julho, seguido dos lançamentos de Crown of the Old Iron King, que sai em 26 de agosto, e Crown of the Ivory King, disponível a partir do dia 24 de setembro deste ano. Um Season Pass também estará disponível para PC via Steam com todos os três DLCs.

Crown of the Sunken King vai enviar os jogadores em uma jornada para recuperar as coroas que o Rei Vendrick dos Drangleic um dia possuíra. Crown of the Sunken King se passa em um mundo totalmente diferente dentro do universo de Dark Souls 2, em que pirâmides de degraus se espalham por um vasto complexo de cavernas subterrâneas. As lendas dizem que uma das antigas coroas permanece enterrada nas profundezas dessas cavernas sombrias; certamente um item tão valioso não estaria desprotegido. Os jogadores que buscam adversidades e glória serão recompensados com uma coroa que contém o poder de lordes de eras passadas.

Chris Gilbert, vice-presidente sênior de vendas e marketing da Bandai Namco Games America Inc., disse que a equipe está muito feliz por agradar aos fãs. “Falar que estamos felizes por lançar esses três novos capítulos para os fãs de Dark Souls não é suficiente. A Bandai Namco Games está profundamente orgulhosa da exaltação universal com que os fãs receberam Dark Souls 2. A trilogia The Lost Crowns, mais especificamente The Crown of the Sunken King, será o ponto de partida do que certamente será um verão de especulação e antecipação às novas batalhas, desafios e triunfos conferidos aos nossos fãs mais ardorosos”, endossou.

Dark Souls 2 está disponível para PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

FONTE:ASSESSORIA/NAMCO BANDAI

Amazon francesa vaza bundle de PlayStation 4 com Vita


Enquanto desde o lançamento do PlayStation 4 há rumores de que a Sony estaria organizando bundles oferecendo o console juntamente com o PlayStation Vita, parece que a companhia está prestes a colocar este plano em prática. Ao mesmo é o que sugere a Amazon da França, que já lista o pacote com os dois consoles, chamado de Ultimate Player Edition.

Anunciado pela rede por € 579,99 (cerca de R$ 1.495), o valor não oferece nenhum desconto especial para os consumidores, uma vez que o PlayStation 4 e o PlayStation Vita Slim são vendidos na Europa por € 399,99 e € 179,99, respectivamente.

Ainda de acordo com o site da Amazon, o pacote deve ser lançado já no dia 4 de julho. Desse modo, é possível que a Sony esteja planejando fazer a revelação durante a edição deste ano da Electronic Entertainment Expo (E3), que ocorre na próxima semana, entre os dias 10 e 12 de junho. Fique ligado no Baixaki Jogos para ficar por dentro de todas as novidades do evento.

FONTE
 AMAZON FRANCE/IGN

Call of Duty: Advanced Warfare terá pré-carregamento nos consoles da Sony


Com o aumento considerável no tamanho dos jogos, a opção de poder fazer o pré-carregamento de títulos digitais é sempre bem-vinda. Enquanto essa tendência se iniciou no PC com o Steam, ela também está chegando aos consoles, como demonstra a descrição de Call of Duty: Advanced Warfare na PlayStation Store.

Tanto a versão para PlayStation 3 como para o PlayStation 4 poderão ser baixadas antes do lançamento do jogo, sendo destravadas à meia-noite do dia 04 de novembro, dia para o qual o game está previsto.

A descrição do jogo na PlayStation Store também cita o fato de que o game terá uma resolução de 1080p no console. No entanto, especialmente por se tratar de um jogo ainda não finalizado, essas informações ainda podem se mostrar incorretas (como aconteceu recentemente com Watch Dogs, anunciado inicialmente pela Sony com uma resolução de 1080p, apesar de o game final rodar em 900p). 

FONTE
 PLAYSTATION STORE

Mortal Kombat X: novos lutadores na E3 e "história difícil de explicar"


Mortal Kombat é uma franquia que, para bem ou para mal, nem precisa de hype, pois já construiu seu legado ao longo da história. Portanto, é natural que o anúncio de um novo game, ainda mais um que tenha o peso de ser o simbólico número 10, gere alvoroço. Mortal Kombat X já está entre nós. E onde é que a história do game se encaixa? “Difícil de explicar”, indaga Ed Boon, co-criador da série.

Desde a revelação bombástica do jogo, Boon tem postado mensagens no Twitter em ritmo frenético e está empolgadíssimo com o lançamento, alegando que o jogo será mostrado na E3 e que haverá muito gameplay na ocasião.

Perguntado no microblog sobre o ponto em que se encaixa a história de Mortal Kombat X, isto é, se o jogo dará continuidade ao game anterior (Mortal Kombat) ou se terá uma história nova e original, Boon respondeu em cima do muro: “Meio que as duas coisas... Difícil de explicar”. Ele ressaltou que alguns detalhes da história de Mortal Kombat X serão compartilhados na E3 e disse que acha que “vamos gostar da premissa do jogo”.


Novos lutadores!

Em resposta a outro usuário na rede social, o co-criador de uma das maiores franquias de luta de todos os tempos também confirmou que novos lutadores estarão no game e que eles serão mostrados na E3, incluindo “dois de seus novos favoritos”.


Que venha a E3, portanto. E estaremos lá para checar tudinho. Mortal Kombat X será lançado para PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox 360 e PC em 2015.

FONTE
 TWITTER

Atualização do Xbox One traz suporte a HDs externos e mostra nomes da lista


 As mudanças que viriam com a nova atualização do Xbox One já eram conhecidas por todos e finalmente chegaram: o suporte a HDs externos e a opção de exibir os nomes reais dos seus amigos estão agora disponíveis no console da Microsoft, que deu o lembrete nesta quarta-feira.

O update de junho do sistema permite que um disco rígido externo de 256 GB ou mais seja conectado ao aparelho via USB 3.0, permitindo que os usuários armazenem jogos, DLCs e apps além da capacidade do HD interno do console, que tem 500 GB. Jogos completos e conteúdos baixados podem ser copiados no HD externo e utilizados em outro console. A exigência é que os jogadores façam login em sua conta da Xbox LIVE ou tenham o disco do jogo na bandeja para usufruir do conteúdo.

Nomes reais, finalmente!

A atualização permite também que os usuários optem por exibir seus nomes reais a outros amigos na lista. O novo recurso é válido com todos os seus contatos, com um determinado grupo de pessoas, amigos de amigos ou todo mundo. A Microsoft já havia cantado a bola sobre o recurso antes mesmo do lançamento do Xbox One, mas, às vésperas do lançamento do console, avisou que o suporte chegaria depois por meio de atualização, e eis que chegou.

Outras novidades são a possibilidade de os jogadores selecionarem uma determinada conta para login automático e melhorias na integração com o SmartGlass.

180 apps desbloqueados

As atualizações do Xbox One e do Xbox 360 também desbloqueiam todos os 180 apps entre as duas plataformas para todos os jogadores. O serviço Hulu está oferecendo um trial de três meses do Hulu Plus para todos os usuários com conta Gold nos EUA.

Nunca é demais lembrar que o programa Games With Gold se estendeu ao Xbox One e dará aos assinantes os games Max: The Curse of Brotherhood e Halo: Spartan Assault. No Xbox 360, os games são Dark Souls, Charlie Murder e Super Street Fighter IV: Arcade Edition. O programa comemora aniversário de um ano e também trará descontos exclusivos. A Microsoft reforça que “isso é só o começo”.

FONTE
 MAJOR NELSON

Valve promove novos testes com os seus óculos de realidade virtual








Desde o ano passado, a Valve tem intensificado o desenvolvimento dos seus óculos de realidade virtual. Em fevereiro, as primeiras impressões reportadas do protótipo da tecnologia foram positivas, mostrando um bom potencial competitivo do aparato — embora, a princípio, a companhia não tenha a pretensão de comercializá-lo tão cedo.

Nesta semana, durante um evento realizado em Boston voltado para a realidade virtual, a empresa permitiu que mais pessoas experimentassem o seu equipamento de imersão nos games, segundo relatado pelo usuário Jonomf do Reddit.

De acordo com a postagem original, conversando com o pessoal da Valve, o rapaz foi informado de que a tecnologia já tem compatibilidade com o Dota 2, “onde você pode ver toda a arena de jogo, sentado em uma mesa, e pode se curvar para inspecionar qualquer parte da ação”.

Além disso, foi mencionado que há uma experiência diferenciada, passando a sensação era de estar “pendurado para fora assistindo os heróis lutarem”. Sobre a oportunidade que teve de testá-lo, Jonomf disse que “a experiência no HMD é incrível: baixa persistência, tracking perfeito (dentro da câmera, é claro), alta taxa de quadros”.

FONTE:REDDIT
IMAGENS/JONOMF (IMGUR)

O que já sabemos sobre Mortal Kombat X?



Embora sem muita surpresa, o anúncio de Mortal Kombat X deixou todos os fãs da série empolgados. E as razões para isso não são poucas. Além de ser a estreia de uma das séries de luta mais populares da indústria na nova geração e a sequência de um game que revitalizou a franquia, o trailer liberado pela NetherRealm no início desta semana foi o suficiente para deixar todo mundo enlouquecido — mesmo sem mostrar nada de jogabilidade.

E como o vídeo não mostrava nada além de Scorpion e Sub-Zero caindo na porrada, era óbvio que teríamos dezenas de perguntas e dúvidas sobre o game surgindo de todos os cantos da internet. Afinal, que novidade o estúdio vai trazer para o novo jogo?

É claro que, faltando poucos dias para a E3, Ed Boon e sua trupe estão segurando todas essas respostas para o evento. Só que isso não significa que não tenhamos algumas informações sobre o aguardado retorno dos Fatalities e sobre o que mais esperar de novo.

O retorno dos X-Ray

Enquanto Boon permanece quieto, os poucos detalhes de Mortal Kombat X que temos são oriundos do próprio trailer divulgado pela NetherRealm. Além de todo o clima de pancadaria e brutalidade inerente à série, há pequenos detalhes presentes no vídeo que podem ser fortes indicativos de recursos e mecânicas que estarão presentes no jogo.


Exemplo disso é a volta dos X-Ray Attacks. Não que alguém duvidasse que os golpes que acabam com os ossos e órgãos internos do oponente iam ficar de fora, mas é sempre bom ter uma confirmação clara e direta disso. E, como não poderia deixar de ser, esses movimentos estão ainda mais brutais do que no game anterior.

Novo visual

Todo mundo reparou no trailer que tanto Scorpion quanto Sub-Zero tiveram seus visuais remodelados. Tudo bem que essas mudanças estéticas já se tornaram quase que uma marca da série, que sempre traz mudanças significativas no design dos personagens, mas não há como negar o quão legal ficou o resultado final.


É claro que é muito cedo para tirar algumas conclusões, mas as chances de esse redesenho não se limitar à dupla de ninjas são bem altas, o que nos faz imaginar que adições os demais lutadores do game devem receber. O trabalho de atualização feito na aparência dos personagens do primeiro Mortal Kombat ficou muito bom e a sequência parece melhorar isso ainda mais.

Isso sem falar que o Scorpion está parecendo um personagem de Assassin’s Creed.

Cenários interativos

O vídeo ainda traz um recurso que passou despercebido para muita gente, mas que chamou a atenção para os fãs mais atentos: o retorno dos cenários interativos. Quem já acompanha a série há algum tempo certamente reconheceu a utilização da espada de gelo ou do galho de árvore como armas como uma herança da mecânica introduzida no antigo Mortal Kombat 4.


Ao que parece, além de todos os movimentos e golpes de cada personagem, os lutadores voltarão a se aproveitar de itens espalhados pela arena para bater no oponente. O interessante é que isso ficou bastante natural e intuitivo, diferente das cabeças aleatórias que enfeitavam as fases de MK4.

Por outro lado, esse recurso também pode ser algo retirado daquilo que vimos em Injustice: Gods Among Us. O game, que também foi desenvolvido pela NetherRealm, introduziu uma maneira bem característica de interação com o ambiente e parece que isso será levado para o novo Mortal Kombat — como as piruetas de Sub-Zero sugerem.

Novos personagens

A produtora ainda trouxe outras informações juntamente com o anúncio, revelando alguns pontos bem interessantes. Por mais que ela não tenha se prolongado em explicações, sabemos que Mortal Kombat X contará com novos modos de jogo e também personagens inéditos.

A desenvolvedora não antecipou nada, mas podemos esperar algo sendo mostrado durante a E3. Em seu perfil no Twitter, Ed Boon confirmou uma demonstração de jogabilidade durante o evento e que alguns desses novos lutadores também farão sua estreia por lá.

É provável ainda que alguns dos personagens introduzidos em Mortal Kombat 4, como Quan Chi e Shinnok, deem as caras uma vez que o final do jogo anterior deu o gancho para isso.

Nova história

Ainda falando do enredo, Ed Boon comentou na rede social que a história do jogo será tanto a continuação do último MK como uma história original. Segundo ele, apesar de se tratar de algo difícil de explicar de maneira vaga, ele tem certeza que os fãs vão adorar a premissa.

Novidades na mecânica

O canal da Sony no Youtube antecipou também algumas adições que a NetherRealm pretende trazer na mecânica geral do game. Segundo a página, Mortal Kombat X vai contar com variações de seus personagens e isso vai afetar a estratégia e o estilo de combate de cada lutador.


Além disso, o jogo deve contar com um sistema totalmente conectado que permitirá aos jogadores estarem competindo constantemente entre si. A ideia é criar um torneio persistente, ou seja, toda luta é importante e isso vai fazê-lo subir ou descer no ranking global. E, ao que parece, teremos um sistema de facções ou coisa parecido baseado na ideia de Reinos existente na franquia.

E o que mais?

É claro que essas informações são apenas pequenos detalhes com base no pouco que a NetherRealm divulgou ao longo desta semana. Contudo, como o próprio Ed Boon antecipou, teremos muito mais detalhes sendo revelados na próxima semana. A E3 está aí e o evento é o palco perfeito para apresentar as novas ideias e, acima de tudo, mostrá-la ao mundo.

FONTE
 MP1ST

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Cartuchos do jogo E.T. desenterrados serão colocados à venda em breve



 A escavação histórica que desenterrou cartuchos do game E.T. para o eterno Atari ainda está na memória de todos nós. E parece que essas peças raras finalmente devem chegar às nossas mãos, ainda que por uma fortuna. Mas isso vai acontecer.

A comissão da cidade de Alamogordo disse que colocará 700 desses cartuchos à venda no “Museum of Space History”, localizado no Novo México, ao passo que 100 unidades serão entregues à Lightbox & Fuel Entertainment, a companhia de produção por trás do documentário. Os cartuchos restantes serão distribuídos a museus locais (pelo jeito muitos foram encontrados, não?).

A prefeita da cidade de Alamogordo, Susie Galea, falou sobre o trabalho sendo realizado com os agora tão almejados cartuchos. “Temos trabalhado com o museu [do Novo México] para a curadoria, tanto para exibir os jogos quanto para vendê-los. Agora, eles são artefatos. A comissão da cidade atuou na última terça-feira para entregar 100 dos cartuchos encontrados à Lightbox & Fuel Entertainment. Há ainda 700 que podemos vender”, declarou a prefeita ao site Polygon.

E quanto será que valem os cartuchos?

Os cartuchos, de acordo com Susie, primeiramente passarão por uma avaliação que visa determinar o seu valor para então serem entregues ao museu, que pode vender algumas unidades. Alguns dos jogos serão registrados e vendidos com um certificado de autenticidade – esses cartuchos provavelmente sairão bem mais caros do que outros. A prefeitura pretende também colocar algumas unidades à venda no mercado online.

A prefeita acrescentou ainda que o buraco escavado já foi preenchido e que espera tornar o local uma atração turística. “O buraco foi bem mais profundo do que todos os escavadores imaginavam que seria. Eles pensavam que cavariam cerca de 5 metros, quando na verdade cavaram quase 10”, concluiu Susie.

Quanto será que deve bater um leilão online desses cartuchos?

FONTE
POLYGON

DriveClub quer evitar ao máximo que jogador desista no meio da partida


DriveClub, o vindouro título de corrida exclusivo do PS4, parece que busca ter um alcance “universal”, por assim dizer. Isso porque o game, de acordo com o diretor Paul Rustchynsky, quer entregar uma fórmula de corrida divertida a todos, mesmo aos não veteranos do gênero, e evitar que os jogadores se frustrem e desistam.

“Eu gosto da ideia de que você não precisa estar em primeiro lugar. Quero que todos curtam a emoção da corrida. Jogo muitos games do gênero e sou um motorista dos bons, mas não sou o cara que está sempre em primeiro lugar. Gosto de me divertir e me arriscar em vez de ficar obcecado por um perfeccionismo em cada curva. O problema para motoristas como eu, e acho que estamos na maioria, é que a corrida se torna muito intensa e intimidadora quando o assunto é ganhar”, declarou o diretor ao site PS Blog.

Paul falou também sobre as ocasiões em que um singelo erro pode custar todo o desempenho da corrida. “É desmoralizante quando você comete um erro que lhe custa a corrida. Com DriveClub, nos desafiamos a elaborar um jogo melhor e que lida com o aspecto da corrida. Queremos que um motorista constantemente tenha novos objetivos, mesmo que tenha derrapado ou perdido controle sobre o veículo”, revelou o executivo ao referido site.

A ideia: oferecer pequenos desafios que aumentem o fator replay, mas sem exagerar na dose

De acordo com Paul, parte desses recursos que DriveClub busca trazer é oferecer pequenos desafios dentro da corrida, por exemplo, manter uma certa velocidade durante um trecho da pista. “Em muitos jogos de corrida, há aquela mentalidade ‘tudo ou nada’. Em um momento você está em primeiro lugar, e depois, repentinamente, bate e perde tudo. Com DriveClub, se você está disputando online e comete um erro, não é game over. Você não perde tudo e ainda tem recursos para seguir em frente”, concluiu o diretor.

E você, o que acha desses desafios “acessíveis”? DriveClub será lançado até o final deste ano exclusivamente para PlayStation 4.

FONTE:PLAYSTATION BLOG

Jogos para iPhone terão gráficos impressionantes com a nova API Metal


 Hoje, a Apple anunciou durante a Worldwide Developer Conference uma nova plataforma de desenvolvimento para jogos. A Metal é uma API exclusiva da Apple que vai garantir que os desenvolvedores aproveitem todo o potencial dos chips gráficos projetados para o iPhone e os demais gadgets da Maçã.

O novo programa da Apple trabalha de forma semelhante ao Mantle e ao DirectX 12, garantindo uma comunicação mais direta e eficiente entre o chip gráfico e o jogo. Durante a demonstração no evento, Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, demonstrou o poder da API rodando o jogo Plants vs. Zombies: Garden Warfare com 1,3 milhões de triângulos sendo exibidos na tela.

De acordo com Federighi, a nova plataforma é capaz de reproduzir gráficos realmente incríveis, que serão até 10 vezes melhores do que aqueles que vemos atualmente. Durante a conferência, Tim Sweeney, fundador da Epic Games deu uma demonstração da capacidade da Metal mostrando um jardim com visuais impressionantes, o qual continha diversas árvores e um lago repleto de peixes.


Sweeney disse que “a Metal libera recursos de computação suficientes para dar inteligência a cada peixe da demonstração”. Aliás, é bom ressaltar que essa demonstração da Epic Games será liberada gratuitamente quando o iOS 8 for lançado. A Apple comentou que está trabalhando em parcerias com a EA Games, a Crytek e a Epic Games para trazer novos títulos para sua plataforma. Parece que o futuro dos jogos no iOS será fantástico!

Via TecMundo

FONTE:APPLE
IMAGENS/APPLE/UNREAL ENGINE

Preço de Castlevania: Lords of Shadow 2 cai em todas as plataformas


Eis uma notícia para alegrar a tarde desta sóbria segunda-feira: Castlevania: Lords of Shadow 2 terá seu preço reduzido em todas as plataformas para as quais foi lançado (PC, PS3 e Xbox 360). O novo valor será de US$ 39,99, contra os US$ 59,99 anteriores.

No Steam, o game ainda aparece por R$ 99,99, que é o valor padrão de um lançamento para PC. Os preços em reais, portanto, devem se refletir em breve nos serviços onlines de cada plataforma.

Lords of Shadow 2 é a conclusão da história de Gabriel Belmont, iniciada em Castlevania: Lords of Shadow, que foi lançado em 2010. Ainda há um spin-off, Mirror of Fate (que originalmente foi lançado para 3DS e depois portado para PS3, Xbox 360 e PC numa versão em HD), que funciona como sequência direta do primeiro Lords of Shadow, passando-se entre este e o 2. Em Mirror of Fate, o jogador assume o controle de Trevor Belmont, Simon Belmont e Alucard num esquema em side-scrolling bem aceito pelos jogadores e pela crítica.

Castlevania: Lords of Shadow 2 está disponível para PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

FONTE
DUALSHOCKERS